Quinta-feira, 21 de Junho de 2012

 

O Banco de Portugal, que curiosamente manterá os subsídios dos seus funcionários ao longo dos próximos anos, condenou 17 dos 23 arguidos envolvidos no caso da Sociedade Lusa de Negócios (que detinha a maioria do BPN) ao pagamento de coimas que podem variar entre os 4 mil euros e os 10 milhões de euros. Gosto de ver como o BdP se apresta rapidamente a multar esta gentinha por valores pouco simpáticos, mesmo que por agora não identifique os felizes contemplados e que as multas sejam ínfimas no meio dos prováveis 8 mil milhões de euros de buraco que nos custará o BPN. Isto pressupõe, então, um outro problema. Se a missão do BdP também é fiscalizar a actividade bancária, e o BdP de facto não fiscalizou coisíssima nenhuma no caso em apreço, qual é o valor das multas que os responsáveis pela fiscalização (que não se fez ou que se minimizou, pouco importa) irão pagar por não terem detectado a fraude generalizada perpetrada por esta trupe de gente “séria”?



publicado por Bruno Miguel Macedo às 15:40 | link do post | comentar

Publius Cornelius Tacitus
To ravage, to slaughter, to usurp under false titles, they call empire; and where they made a desert, they call it peace.
Junho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
23
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

A síndrome socialista

Soltar os cães

Um argumento

Regressando

Um papel

A cartilha

Prometeu

Um ou dois milagres

Uma nomeação

Cresçam

arquivos

Junho 2017

Março 2017

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Maio 2015

Abril 2015

Setembro 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

tags

anáfora

antonomásia

benevolentes

blanchett

bloco

cate

charme

dench

djisselbloem

eufemismo

eurogrupo

guerra

gwyneth

helen

jonathan

judi

littell

metáfora

mirren

paltrow

perífrase

porto

prosopeia

renda

sela

socialismo

twitter

ward

todas as tags

links
blogs SAPO
subscrever feeds