Terça-feira, 26 de Janeiro de 2016

carcolepsy.jpgHá um problema com as previsões do Governo relativamente ao Orçamento do Estado. Esse problema não é de somenos importância porque se funda em projecções catalogadas de demasiado optimistas, um facto não despiciendo para quem nos empresta dinheiro e mantém ligada a máquina de respiração assistida.

Claro está que um Orçamento é um Orçamento e a sua leitura depende do lado enviesado que o analisa, e da boa vontade de quem o apresenta e executa ou da má vontade de quem o ataca e condena. Mas a economia não é uma ciência exacta, as finanças não são regras de três simples e a imaginação dos políticos vale o que vale. Mas nestas matérias mais vale cair em graça do que ser engraçado. E quando a bota não bate perdigota, há razões mais do que suficientes para preocupação acrescida, como parece ser o caso. Não é apenas porque os outros estão a olhar para nós desconfiados, é também porque todos nós reconhecemos a legitimidade dessa desconfiança plasmada na artificialidade que vivemos hoje. Não tem muito tempo, andávamos a pedir esmola. Pensar-se que por um toque de varinha mágica, a nossa situação mudou, é o mesmo que julgar que de barriga cheia não precisamos de fazer mais nada. Ou que a cigarra voltou a esquecer-se das vantagens de ser mais vezes como a formiga. Vamos a caminho de mais um sarilho.



publicado por Bruno Miguel Macedo às 15:38 | link do post | comentar

Publius Cornelius Tacitus
To ravage, to slaughter, to usurp under false titles, they call empire; and where they made a desert, they call it peace.
Junho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
23
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

A síndrome socialista

Soltar os cães

Um argumento

Regressando

Um papel

A cartilha

Prometeu

Um ou dois milagres

Uma nomeação

Cresçam

arquivos

Junho 2017

Março 2017

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Maio 2015

Abril 2015

Setembro 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

tags

anáfora

antonomásia

benevolentes

blanchett

bloco

cate

charme

dench

djisselbloem

eufemismo

eurogrupo

guerra

gwyneth

helen

jonathan

judi

littell

metáfora

mirren

paltrow

perífrase

porto

prosopeia

renda

sela

socialismo

twitter

ward

todas as tags

links
blogs SAPO
subscrever feeds