Quarta-feira, 15 de Fevereiro de 2012

No dia em que a tróica aterra para avaliar contas, índices e indicadores, boa parte dos portugueses está agitada e absorvida pelo mundo da bola. Isto tem que ver com dois motivos principais: primeiro, porque o Benfica joga esta noite para a Liga dos Campeões sob previsões de frio e muita neve e, segundo, pela inevitável chicotada sportinguista que tem levado a imaginação indígena ao topo do céu. A bola mantém, como se comprova, uma função social essencial: entretém o pessoal e faz esquecer um pouco o drama indígena o que, em circunstâncias normais, não tem mal absolutamente nenhum. Marx dizia que a religião era o ópio do povo porque o alienava, porque o desviava das suas verdadeiras causas e porque o orientava para o domínio do espiritual e do intangível. Não vou tão longe e não digo que o futebol seja igual, embora um certo fanatismo me pareça ser de todo irracional e incompreensível e certos assuntos merecedores de um longo e inevitável bocejo. Mas reconheça-se que dá jeito haver jogos do Benfica e as infinitas e risíveis trapalhadas do Sporting. É que assim quase ninguém dará pela chegada da tróica e, imagino, quase ninguém dará pela sua partida. O que não sendo necessariamente bom, também não é necessariamente mau.



publicado por Bruno Miguel Macedo às 11:08 | link do post | comentar

Publius Cornelius Tacitus
To ravage, to slaughter, to usurp under false titles, they call empire; and where they made a desert, they call it peace.
Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

Os incêndios que matam pe...

A síndrome socialista

Soltar os cães

Um argumento

Regressando

Um papel

A cartilha

Prometeu

Um ou dois milagres

Uma nomeação

arquivos

Outubro 2017

Junho 2017

Março 2017

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Maio 2015

Abril 2015

Setembro 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

tags

anáfora

antonomásia

benevolentes

blanchett

bloco

cate

charme

dench

djisselbloem

eufemismo

eurogrupo

guerra

gwyneth

helen

jonathan

judi

littell

metáfora

mirren

paltrow

perífrase

porto

prosopeia

renda

sela

socialismo

twitter

ward

todas as tags

links
blogs SAPO
subscrever feeds